terça-feira, 11 de abril de 2017

Em fevereiro, comecei um novo ciclo de trabalho com a estilista Fernanda Yamamoto da coleção de Inverno que ela apresentará em março de 2018...

Em fevereiro, comecei um novo ciclo de trabalho com a estilista Fernanda Yamamoto da coleção de Inverno que ela apresentará em março de 2018.
É um processo trabalhoso e bastante demorado e requer tempo para que possa realmente funcionar. Surgiu uma proposta da qualidade de trabalho que Fernanda sempre mostra.

Juliana, assistente de Fernanda, Fernando, modelista, e eu fomos visitar o município de Ingá onde se concentra a maior quantidade de labirinteiras do nosso Estado. E através deste trabalho tivemos o primeiro contato com elas, distribuimos tecidos para testar novas possibilidades e de alguma forma dá um diferencial ao que já ocorre com o Labirinto.

É um processo longo que a gente sabe que teremos que ter paciência pois tudo que é novo requer um tempo para ser "digerido" e finalmente apresentado. É um trabalho que estamos ansiosos para saber como vai funcionar...








No início de janeiro comecei a fazer um trabalho que eu achei muito significante dentro de todos os trabalhos que fiz nesse processo de cria...

No início de janeiro comecei a fazer um trabalho que eu achei muito significante dentro de todos os trabalhos que fiz nesse processo de criação. Foi a coleção Chão que fiz com a Santa Luzia - Redes e decoração, eu optei nesse trabalho em trabalhar  com o chão de fábrica da empresa. Eu vi a possibilidade de trabalhar com os teares, com os resíduos que são descartados do próprio processo, de trabalhar o processo criativo com as costureiras, feiteiras, eu vi um leque de possibilidades...

Nessa coleção utilizei materiais já produzidos pela fábrica, emergi totalmente na produção e foi uma experiência fantástica.

O resultado vocês podem conferir nas imagens do catálogo atual da marca.






Em janeiro, também durante o Salão de Artesanato da Paraíba fiz um Workshop criativo. Dessa vez, foi direcionado apenas para artesãos de ace...

Em janeiro, também durante o Salão de Artesanato da Paraíba fiz um Workshop criativo. Dessa vez, foi direcionado apenas para artesãos de acessórios.

Reuni um grupo de artesãos que fazem acessórios em diversas tipologias, o diferencial era propor um mix entre as técnicas de um com o outro resultando em novos produtos. O intuito desse workshop foi exatamente este, fazer um intercâmbio com os artesãos que trabalham com acessórios de moda.
Participaram artesãs como: Camila Demori, Beth Paz, Mayrlles Emile, Jô do Osso, Valéria Antunes, Artesãs da Sereias da Penha...entre outros.






sexta-feira, 31 de março de 2017

A coleção Combogó foi realizada através de uma consultoria criativa que eu fiz para o Moda PAP - Núcleo de Moda do Programa de Artesanato d...

A coleção Combogó foi realizada através de uma consultoria criativa que eu fiz para o Moda PAP - Núcleo de Moda do Programa de Artesanato da Paraíba ao qual coordeno. Passamos praticamente um ano desenvolvendo esta coleção que se chamou combogó, que são aqueles elementos vazados usados em arquitetura. 



As peças foram desenvolvidas pela miscelânea feita em crochê de 10 artesãs ao qual compunha um look. Ou seja, cada look era construído há 20 mãos. As artesãs são de cidades como João Pessoa, Bayeux, Sapé e Itabaiana. Foi um processo muito interessante porque foram feitos encontros semanais aos quais participava e era estabelecido uma proposta afim de inspirado em combogós desenvolver estes crochês. Foram feitos tamanhos variados, pontos e cores diferentes. Eu montava em moulage e elas finalizavam a montagem unindo-os para enfim, se transformar no produto. 

Foram 20 looks apresentados durante o 25º Salão de Artesanato da Paraíba realizado no Espaço Cultural em João Pessoa durante o mês de janeiro. Além do desfile também foram expostas no lounge do Salão de Artesanato.



Foi um trabalho de empenho significante, principalmente porque o diferencial era juntar 10 artesãs aos quais todas teriam participação em um look. Foi necessário comprometimento e dedicação.

Em meados do segundo semestre de 2016, fui convidado para fazer a direção de arte do longa metragem Beiço de Estrada do cineasta Eliézer Ro...

Em meados do segundo semestre de 2016, fui convidado para fazer a direção de arte do longa metragem Beiço de Estrada do cineasta Eliézer Rolim. Foi uma experiência maravilhosa! Tanto no sentido de desenvolver a direção de arte quanto a experiência de estar na produção de uma longa metragem, experiência esta que não tinha tido ainda.




Eu acredito que o empenho e o desenvolver do processo foi muito gratificante. 
Foi um prazer trabalhar com Darlene Glória, Jackson Antunes, Mayana Neiva (a qual já conhecia), Suzi Lopes, Marcos Freire, Beto Normal... entre outros.




Foi um trabalho muito intenso, focado e que resultou num produto bastante elogiado.




Através de aprovação na submissão de edital do Ministério da Cultura recebi patrocínio para participação em rodada de negócios no MICSUR - ...

Através de aprovação na submissão de edital do Ministério da Cultura recebi patrocínio para participação em rodada de negócios no MICSUR - Mercado de Industrias Culturales del Sur que ocorreu em Bogotá- Colômbia de 17 a 20 de Outubro de 2016. O objetivo do MICSUR é ser uma plataforma de conhecimento, difusão, promoção, circulação e comercialização de bens e serviços das indústrias criativas. Lá empresas do segmento têxtil tem acesso a produtos brasileiros para negociação e possível aquisição.


Foram aprovados também outros profissionais brasileiros referência em Moda e Design. Viajar com Fernanda Yamamoto, Káthia Castilho, Sérgio Mattos, foi gratificante . Foi uma honra na minha trajetória profissional ser reconhecido e saber que tenho um produto que faz um diferencial e que tem características brasileiras, neste caso, estampas.

Foi ótimo conviver com essas pessoas, trocar ideias, conhecer novas pessoas e cultura. Um grande networking ocorre neste evento, e costumeiramente troco ideias com pessoas de outros estados brasileiros e da América Latina. 





Espero que cada vez mais surgam oportunidades assim para que outros profissionais possam ter acesso a tudo que pude viver e aprender.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

A Ruah é uma marca de Pombal que trabalha com enxoval, bolsas e artigos para bebês. A marca está em uma nova fase, se organizando e deixan...

A Ruah é uma marca de Pombal que trabalha com enxoval, bolsas e artigos para bebês. A marca está em uma nova fase, se organizando e deixando seus produtos mais autênticos e autorais. É nesse momento que entro, para dar consultoria e propor inovação em seus produtos.
Pelo perfil da empresa tive que inserir inovação aos poucos pois os produtos são mais clássicos e é a primeira vez que a empresa tem uma consultoria na área de criação. Também propôs produtos mais modernos para a empresa analisar.

É uma área nova para mim mas o criador vive de desafios e seu olhar se adapta a n possibilidades. Isso que torna tudo interessante e autêntico!


Kathia Castilho, é a organizadora do Colóquio de Moda, Presidente da ABEPEM – Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Moda e da Ed...

Kathia Castilho, é a organizadora do Colóquio de Moda, Presidente da ABEPEM – Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Moda e da Editora Estação das letras e cores. Então, podem imaginar o quanto fiquei feliz com o convite dela de falar sobre Inovação e artesanato nessa 12° edição do Colóquio!
Levei algumas modelos usando peças autorais criadas por mim e falei sobre alguns dos meus trabalhos, inspirações e como ocorreu cada inovação. 



O Extremo Fashion é um evento organizado pelo Produtor George Dellameida. Está na 4° edição e sou parceiro desde o início mas fiquei muito...

O Extremo Fashion é um evento organizado pelo Produtor George Dellameida. Está na 4° edição e sou parceiro desde o início mas fiquei muito honrado pois nessa fui o estilista convidado.

Elaborei a coleção intitulada Ouro Branco inspirado na época que a Paraíba era a maior produtora de algodão do Brasil. Usei as tipologias artesanais em 30 looks: 25 femininos e 5 masculinos. Dei contemporaneidade aos looks através da assimetria.


Contei vários parceiros: Ateliê Djanete Figueiredo, Ilha Brasil (calçados), as Designers Mayrlles Emile e Camila Demori (acessórios) e Moda empreendedora (Divulgação).










Você pode ver o vídeo do desfile aqui